Mercado se mostra imparcial com qualquer resultado das eleições presidenciais americanas.

1504
Mercado se mostra imparcial com qualquer resultado das eleições presidenciais americanas.
Mercado se mostra imparcial com qualquer resultado das eleições presidenciais americanas.

Na sexta-feira a bolsa brasileira fechou em queda de 0,75%,com dados negativos sobre a taxa de desemprego no país e preocupações com o fiscal, fechando a 98.309 pontos. Na semana o Ibovespa soma ganhos de 0,83%, e no mês, 3,92%.

A taxa de desemprego no país, no mês de setembro, alcançou 14,4%, maior nível desde o começo da pandemia, na Inflação, o IPCA de setembro veio maior do que o esperado, com um aumento de 0,64% puxado principalmente pelo preço dos alimentos.

Sobre a situação fiscal do país, ainda há muitas incertezas sobre a capacidade do governo manter o teto nos gastos diante dos sinais atribuídos pelo governo, com os avanços nos programas assistencialistas, o mercado já prevê uma flexibilização no teto dos gastos.

INTERNACIONAL

Mesmo em uma semana de ótimos indicadores econômicos no países desenvolvidos e resultados acima do esperado das maiores empresas do mundo, destaque para os grandes bancos, os investidores estão cautelosos com a segunda onda de contágio do Covid-19.

Na Europa, houve um aumento muito grande no número de casos registrados principalmente na Itália e Alemanha, além da declaração de Estado de Emergência em Portugal e Espanha. Nos EUA, o foco continua nas eleições presidenciais e nas negociações do novo pacote de estímulos americano. 

O QUE VOCÊ PRECISA SABER HOJE

As bolsas ao redor do mundo abrem em alta hoje com notícias animadoras o Reino Unido que vai continuar as negociações para um acordo comercial em sua saída da União Europeia. O mercado acompanha a data limite para que haja um acordo entre as duas lideranças americanas para a liberação do pacote de estímulos.

Estamos a 15 dias das eleições americanas e o mercado parece estar tranquilo com qualquer resultado, uma vez que a vitória de Trump significa menos impostos para as empresas, e uma vitório de Biden significa maiores estímulos para a economia, mesmo com notícias positivas, o petróleo cai com o aumento das restrições na Zona do Euro.

No Brasil, o mercado estava apreensivo com a possível prorrogação do estado de calamidade e dos auxílios emergenciais, porém o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que não vai acontecer.

BOLSAS

O Ibovespa futuro abriu em alta, às 9:12 da manhã o índice era de 0,40% positivo.

Os mercados internacionais também apresentaram um ânimo maior, às 9:14, o S&P500 +0.70%, Dow Jones +0.52% e Nasdaq +0,92% e Europa -0,14% (FTSE100).

Na ásia, Nikkei 225,+1,11% ,Hang Seng,+0,64%,  Shanghai,-0,71%.

DESTAQUES

#BBAS3 – Com pandemia, BB atinge recorde na emissão de cartões por aproximação (Estadão).

#OIBR3 – Acionistas aprovam nova composição para conselho da Oi (G1)

American Airlines planeja retomar voos com Boeing 737 Max até fim do ano (Reuters)

Fundador e ex-presidente da Qualicorp (#QUAL3) lança operadora de planos de saúde Qsaúde (Reuters)

Fonte: Wisir Research.