O Patrimônio líquido , é um importante componente da análise dos balanços de uma empresa. Nesse sentido, esse conceito de contabilidade, pode muito útil no que tange aos investimentos financeiros. 

Contudo, seus benefícios não param por aí. Embora muita gente não saiba exatamente o que é o patrimônio líquido, a métrica  pode ser muito útil também na vida pessoal, sendo uma importante ferramenta para avaliar a saúde e evolução das finanças pessoais 

O que é o patrimônio líquido?

Na contabilidade de uma empresa, o patrimônio líquido representa a diferença entre o ativo  e o passivo de companhia, ou seja a diferença entre os bens e direitos que ela possui e suas obrigações. 

Portanto, de maneira resumida, o patrimônio líquido representa a riqueza de uma empresa, o que ela possui depois de descontadas as contas que elas precisa pagar. A métrica representa, portanto, a fonte interna de recursos de uma empresa e o quanto seus proprietários têm investido nela. 

Dentre o grupo de contas que constituem o patrimônio líquido estão:

  • Capital Social 
  • Reservas de Capital
  • Ajustes de Avaliação Patrimonial
  • Reserva de Lucros
  • Ações em Tesouraria
  • Lucros ou Prejuízos Acumulados

Capital Social 

O Capital Social é o valor da contrapartida, do titular, sócios ou acionistas de uma empresa para o início e manutenção do negócio. 

Reservas de Capital

Esse são os recursos obtidos pela empresa a partir de atividades que não possuem vínculo com a formação de lucro, como, por exemplo, compra de ações, dividendos, incorporação capital, entre outras. 

Ajustes de Avaliação Patrimonial

Resultado da avaliação dos bens, conforme o cálculo de seu valor reajustado. Portanto, são os resultados de aumento ou diminuição de elementos do ativo ou do passivo que não foram incorporados ao cálculo do exercício, por conta da reavaliação. 

Reserva de Lucros

As reservas de lucros devem estar presentes no  patrimônio líquido de uma empresa. Elas são contas construídas a partir de lucros da empresa, para atender a diferentes finalidades.  São Valores da apropriação de parte dos lucros em decorrência da lei ou da vontade do proprietário.

Ações em Tesouraria

As ações em tesouraria são aquelas recompradas pela empresa no mercado secundário. Em geral, as empresas optam por adquirir essas ações com a finalidade distribuí-las em programas de incentivo à  funcionários ou como proventos para acionistas. 

Lucros ou Prejuízos Acumulados

Os lucros ou prejuízos acumulados correspondem a soma dos resultados, que podem ser positivos ou negativos, nas Demonstrações de Resultados do Exercício de uma empresa desde a sua constituição; 

Como calcular o patrimônio líquido

O Cálculo do patrimônio líquido é bastante simples, e pode ser feito através da seguinte fórmula:

Patrimônio Líquido = Ativos – Passivos 

Os ativos são os bens e direitos da empresa. Dentro desse grupo estão incluídos tudo que pode ser convertido em valores monetário. Veja outros exemplos que constituem o ativo:

  • Patentes de produtos
  • Veículos
  • Imóveis
  • Duplicatas a receber
  • Máquinas

Do lado dos passivos entram todas as obrigações da companhia com terceiros. Veja alguns exemplos que constituem o passivo:

  • Salários de funcionários
  • Impostos
  • Duplicatas a pagar
  • Aluguéis a pagar

Exemplo patrimônio Líquido

Para ficar mais claro, vamos fazer um exemplo simples de cálculo do patrimônio líquido. Para isso, tomaremos como base uma empresa fictícia, que atua no setor de varejo de produtos de decoração. A sociedade pertence a duas amigas, Carol e Manu. 

As duas investiram R$ 100.000,00 no total. Desse montante R$ 75.000,00 foram integralizados no imóveis em produtos para revenda. O montante que sobrou, R$ 25.000,00 ainda será integralizado. 

Com o trabalho inicial de venda das peças, o faturamento da loja atingiu R$ 30.000, o que representa um lucro de R$ 10.000.

Portanto, temos:

Capital Social = R$ 100.000,00

(-) Capital a integralizar = R$ 25.000,00

(+) Lucro acumulados = R$ 10.000.

Total do Patrimônio Líquido  = R$ 85.000,00

Posteriormente, quando as duas decidirem integralizar o restante do capital, teremos:

Capital Social = R$ 100.000,00

(+) Lucro acumulados = R$ 10.000.

Total do Patrimônio Líquido  = R$ 110.000,00

Esse exemplo que usamos é bem simples, e não exprime com exatidão como fazer uma análise de um balanço completo de uma empresa. Mas a intenção é apenas deixar um pouco mais claro como é feito o cálculo do patrimônio líquido. 

Patrimônio Líquido Negativo

Em alguns casos o cálculo do patrimônio líquido pode resultar em um valor negativo. Isso acontece quando as obrigações com terceiros são maiores do que os ativos do negócio. 

Segundo o Conselho Federal de Contabilidade, nesse tipo de situação o resultado deve entrar no balanço patrimonial com a nomenclatura passivo a descoberto.

Como calcular o patrimônio líquido de um fundo de investimento?

Os fundos de investimentos são veículos que possibilitam os investimentos coletivos de recursos de diversos investidores. 

Portanto, o patrimônio líquido de um fundo de investimento é a soma de todos os recursos aplicados nele, descontando todas as suas obrigações, como pagamentos referentes à gestão e à administração

De modo geral, a soma dos valores aplicados no fundo formam seu patrimônio. O dinheiro investido no fundo é convertido em cotas, que representam pequenas parcelas do fundo. Assim, cada investidor recebe o número de cotas proporcional ao seu investimento. 

Patrimônio Líquido Pessoal

Entender o que é patrimônio líquido pode ser muito útil na sua trajetória no mundo dos investimentos, porém também pode dar uma forcinha a mais no que tange  a sua organização financeira pessoal

Conhecer o seu patrimônio líquido pessoal permite uma melhor análise sobre a sua evolução financeira e de sua família. Porém, para fazer isso de maneira correta, é necessário dedicar um tempo exclusivamente para a tarefa. 

Ao calcular o seu patrimônio líquido, você poderá determinar qual o verdadeiro nível de riqueza e o quão distante está de atingir suas metas financeiras. Afinal de contas, ter R$ 1.000.000 de reais na sua conta, não indica, necessariamente, que você é milionário. 

Afinal de contas, para chegar no valor do patrimônio líquido algumas contas deverão ser descontadas. Portanto, o que vai determinar o quanto você realmente tem é o cálculo do patrimônio líquido, que leva em conta todos os seus passivos.

O método de cálculo para o patrimônio líquido pessoal é basicamente o mesmo usado para calcular patrimônio líquido de uma empresa, cuja fórmula é: 

Patrimônio líquido = ativos – passivos

Nesse caso, no entanto, algumas contas devem ser reajustadas. Vamos fazer um exemplo prático para ficar mais fácil visualizar como calcular o patrimônio líquido pessoal

Exemplo patrimônio líquido pessoal

Ativos da família

  • Casa (avaliação do mercado): R$ 350.000,00
  • Automóvel 1 (avaliação de mercado): R$ 80.000,00
  • Saldo em CDB: R$ 90.000,00
  • Saldo em poupança: R$ 500,00
  • Saldo em conta corrente: R$ 10.000,00.

Total de ativos: R$ 530.500,00.

Passivos da família

  • Saldo devedor do financiamento da casa: R$ 27.000,00
  • Saldo devedor do financiamento do automóvel: R$ 6.000,00
  • Saldo devedor dos cartões de crédito: R$ 9.000,00.

Total de passivos: R$ 42.000,00.

Pronto, agora vamos à equação do balanço:

Patrimônio líquido = Ativos – Passivos.

Patrimônio líquido = 530.500 – 42.000 = 488.500

Nesse cenário, portanto, o patrimônio líquido pessoal é de R$ 488.500,00. Você pode usar os dados para seu patrimônio líquido, para fazer uma comparação anual e ter uma noção mais clara de como estão suas finanças pessoais.