Fundo DI x Tesouro Selic x CDB com Liquidez - Qual o Melhor Investimento de Curto Prazo? | Blog London Capital

Fundo DI x Tesouro Selic x CDB com Liquidez – Qual o Melhor Investimento de Curto Prazo?

By Jonathan Camargo

fundo di ou tesouro direto ou cdb


Quem está em busca de uma boa rentabilidade para suas aplicações financeiras frequentemente se pergunta qual é o melhor investimento para seu dinheiro. A atual situação econômica, com altas nos juros, valorizou os fundos de renda fixa, que estão com rentabilidade mais atrativa. A dúvida é, entre os investimentos que não sofrem isenção do Imposto de Renda, qual é o mais atrativo para os investidores: CDB, Fundo DI ou Tesouro Direto? Confira as características de ada um deles e veja qual o melhor investimento para você:

O que é CDB?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um título que as instituições financeiras emitem para conseguirem financiar atividade de crédito. Ou seja, por meio do CDB, o banco pega dinheiro emprestado com pessoas físicas para poder emprestar para outras pessoas físicas. Com os CDBs, o investidor cede determinada quantia para a instituição financeira, por determinado prazo. Após este período, o banco devolve o valor acrescido de determinada taxa de juros (que pode ser pré ou pós-fixada).

O que é Fundo DI?

Os Fundos de Renda Fixa Referenciados são investimentos que têm como característica apresentar rendimentos que acompanham a taxa CDI e Selic. Popular entre pequenos investidores, o Fundo DI, em linhas gerais, rende próximo à taxa básica de juros da economia brasileira. Entre suas vantagens estão o baixo risco e a liquidez diária, o que permite que o investidor saque o dinheiro a qualquer momento.

O que é Tesouro Direto?

Plataforma online para negociar títulos públicos, o Tesouro Direto é aberto para todos os investidores. Só é necessário ter conta corrente em um banco e em uma corretora que seja habilitada para fazer a negociação de títulos públicos. É possível fazer investimentos a partir de R$ 30, o que torna a opção interessante para o pequeno investidor. A liquidez também compensa, o que pode ser uma alternativa para quem precisa do dinheiro em curto prazo.

APRENDA A INVESTIR EM

RENDA FIXA

APRENDA A INVESTIR EM RENDA FIXA COM RETORNOS TÃO AGRESSIVOS QUANTO O MERCADO DE AÇÕES, USANDO AS MELHORES ESTRATÉGIAS EM TÍTULOS PÚBLICOS E CRÉDITO PRIVADO.

Qual deles é o melhor investimento?

O melhor investimento é sempre aquele que é mais adequado às suas necessidades.  Quem não tem pressa em tirar o dinheiro e pode manter um investimento de longo prazo pode se beneficiar de um CDB, que oferece boa rentabilidade para quem pode deixar o dinheiro aplicado por, pelo menos, dois anos. O Fundo DI é uma boa opção em curto prazo, mas exige atenção redobrada com a taxa de administração cobrada por bancos e corretoras. O ideal é que ela fique entre 0,5% a 1% ao ano para a rentabilidade valer a pena. O Tesouro Direto é uma opção simples e que pode ser considerada uma alternativa à tradicional poupança. É importante apenas ficar atento à taxa de custódia cobrada para não perder dinheiro.

De forma geral, CDB, Fundo DI e Tesouro Direto são consideradas opções de investimento seguras e ao alcance até mesmo do pequeno investidor. Antes de se decidir por uma das modalidades, só é importante fazer uma pesquisa cuidadosa sobre as taxas cobradas para manter uma rentabilidade interessante. E você, já escolheu em qual opção vai investir? Conte pra gente nos comentários.

Follow

About the Author

Jonathan B Camargo, Co-Fundador do Blog London Capital e assessor de investimentos na New York Capital empresa de assessoria de investimentos que tem como objetivo exclusivo assessorar pessoas físicas de elevado patrimônio, holdings familiares e empresas de participações com alta disponibilidade líquida para investimentos, sempre valorizando a privacidade dos negócios, aliada à solidez da XP INVESTIMENTOS.