Uma das perguntas mais comuns dos clientes para analistas e assessores de investimentos é sobre qual o melhor produtos para suas aplicações. Diante disso, as corretoras criaram as carteiras recomendadas. 

Uma carteira recomenda é um conjunto de ativos, que na opinião dos profissionais responsáveis por ela, tem boas perspectivas de performance. Cada uma dessas carteira possuem critérios e estratégias distintas e são apenas projeções do que pode acontecer. 

Nesse sentido, o investidor não deve investir nos ativos de uma carteira recomenda sem antes avaliar de concorda ou não com os critérios usados pelo pelo analistas e se aquele produto realmente se encaixa no seu perfil e objetivos. 

O que é carteira de investimento? 

A carteira de investimento nada mais é que um conjunto de investimentos, em renda fixa e/ou variável, de um investidor que pode ser pessoa física ou jurídica. Essa carteira também pode ser chamada de portfólio ou cesta de investimentos. 

Qualquer pessoa que deseja manter uma boa saúde de seus investimentos, deve estudar com cautela cada um dos ativos que vão compor sua carteira. Isso tende a garantir não só a perspectiva de lucro das aplicações, mas também a segurança do capital investidor. 

É importante, na hora de escolher os ativos da carteira, levar em consideração o seu perfil de investidor, pois é ele quem determina o grau de risco que você está disposto a correr em busca da rentabilidade. Isso têm total impacto sobre os produtos que serão escolhidos. 

Além disso, independente de qual o perfil, é crucial manter um bom nível de diversificação do portfólio. Ao montar uma carteira de investimentos diversificada, é possível diluir os riscos da aplicação, uma vez que o dinheiro não ficará alocado em único ativo. 

O que é uma carteira recomenda? 

Carteira recomenda é o nome que as corretoras são para portfólios criados por elas com os ativos com um alto potencial de valorização.

De modo geral, as carteira recomendadas vem acompanhadas de relatório, no qual os analistas apresentam os motivos pelos quais estão indicando determinado produto. 

Nesse sentido, o intuito das carteiras recomendadas  das corretoras é facilitar o acesso dos investidores à produtos com alto potencial de valorização.

Elas tem como objetivo apresentar as ativos com expectativas de melhores performances no mercado dentro de determinado prazo ou em cenários específicos da economia. 

Assim, a carteira recomenda pode ajudar o investidor a aplicar seu capital de maneira mais eficientes, ajudá-lo a entender a análise feita pelo profissional e se concorda ou não com a opinião e estratégia deles. 

Tipos de carteira recomendada

Existem diversos tipos de carteiras recomendadas no mercado feitas por corretoras independentes, analistas independentes e assessores de investimentos e cada uma dela possui um foco e uma estratégia diferente. 

Entre os principais tipos de carteira recomenda temos:

  • Carteira recomendada de Ações
  • Carteira recomendada de Dividendos
  • Carteira recomendada de Small Caps
  • Carteira recomendada de Renda Fixa
  • Carteira de Fundos de Investimentos

Carteira Recomendada de Ações

A maior parte das carteiras recomendadas de ações possuem recomendações de compra de papéis, que são reavaliadas mensalmente, conforme mudanças nos fundamentos das empresa ou cenário econômico. 

De acordo com as variações do mercado, na atualização, o profissional responsável pela carteira emite uma recomendação que pode ser de compra, de venda ou de manutenção do ativo no portfólio. 

A maior parte dessas carteiras ainda conta com outros dados, como preço-alvo de um ativo e potencial de valorização. 

Carteira Recomendada de Dividendos

Algumas carteira são baseadas na estratégia de pagamentos de dividendos. No caso de uma carteira recomendada de divendos, os analistas montam o portfólio com ações de empresas que distribuam a maior parte de seus lucros aos acionistas. 

Carteira Recomendada de Small Caps

Existem carteiras recomendadas, compostas apenas por ativos de Small Caps, ou seja, empresas com menor liquidez em suas negociações e de menor porte, porém com potencial mais alto de valorização. Nesse caso, a lógica é ter prejuízo controlado e potencial de ganho ilimitado. 

Carteira Recomendada de Renda Fixa

As carteiras recomendadas de Renda Fixa não são as mais procuradas, porém são comuns no mercado. Nelas os analistas tentam combinar CDBs, Título do Tesouro Direto, Debêntures, LCIs e LCAs, entre outros ativos de renda fixa, com o intuito de potencializar o ganho dos investidores sobre a taxa DI

Carteira Recomendada de Fundos de Investimentos

Alguns investidores preferem delegar a gestão de seus investimentos a profissionais que estão vivendo o mercado financeiro diariamente, com isso a possibilidade de seguir um carteira recomendada de investimentos em fundos pode ser a solução ideal.

Nesta carteira você encontrará, quais os melhores fundos para alocar e na qual o percentual que deve ser alocado em cada categoria como renda fixa, multimercados, ações, exterior e outros.

Como Montar uma Carteira de Investimento Diversificada?

É importante ressaltar, que, não necessariamente, os ativos de uma carteira recomendada vão exibir uma boa performance dentro do prazo estipulado pelos analistas. 

Isso porque existem variáveis e situações que são imprevisíveis e, por isso, não são consideradas na análise. 

Além disso, antes de adotar a carteira recomendada e fazer aplicações nos seus ativos, é preciso levar em consideração a adequação do produto recomendado ao seu perfil de investidor, objetivos e estratégia adotada. 

Nesse sentido, para conseguir uma para conseguir montar a sua carteira recomendada você seguir alguns passos:

  • Definir qual perfil de investidor
  • Definir quais são os seus prazos
  • Traçar seus objetivos
  • Escolher qual estratégia você irá seguir
  • Definir qual carteira irá suprir melhor os seus interesses
  • Informar-se sobre cada tipo de aplicação

Por fim, é importante diversificar a carteira, para conseguir diluir os riscos de mercado, riscos do negócio, riscos de liquidez e riscos de crédito. 

Seguindo todos esses passos, montar uma carteira recomendada, será mais fácil e o risco de sucesso maior. 

Carteira Recomenda XP Investimentos

A carteira recomendada da XP é uma das mais conhecidas no mercado. Sobretudo pela qualidade dos serviços de assessoria oferecidos pela corretora aos seus clientes e pela credibilidade que a instituição tem no mercado nacional. 

Nesse sentido, todo mês a corretora divulga sua carteira Top 10, com 10 papéis de empresas com bom potencial de valorização, segundo seus analistas. 

Veja os ativos que compõem carteira recomendada de ações Top 10 da XP Investimentos para julho de 2019:

  • Azul (AZUL3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • Copel (CPLE6)
  • Energias do Brasil (ENBR3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • JBS (JBSS3)
  • Localiza (RENT3)
  • Lojas Renner (LREN3) 
  • Vale (VALE3)

Se quiser conhecer outras carteiras recomendadas veja aqui.