Assessor de Investimentos - Como Escolher o Melhor para Você? | Blog London Capital

Assessor de Investimentos – Como Escolher o Melhor para Você?

By Tatiana Mallmann

Como escolher o melhor planejador financeiro para você?

Um assessor de investimento é o profissional que auxilia uma pessoa a investir bem o seu dinheiro. É ele quem faz o mapeamento das melhores opções de aplicação, indicando a rentabilidade e o risco de cada uma, tudo de acordo com cada perfil de investidor.

Esse profissional é bastante procurado por pessoas que costumam investir, sejam elas iniciantes ou experientes.

Isso porque o assessor de investimento possui uma série de conhecimentos sobre investimentos, ações e demais aplicações que uma pessoa comum talvez desconheça.

Essa é uma tarefa de altíssimo grau de responsabilidade; portanto, a escolha de um assessor de investimento deve ser pautada por uma série de critérios bem estabelecidos, para que você não erre na hora de escolher.

ALOCAÇÃO DE ATIVOS

APRENDA COMO MELHORAR SEU RETORNO

ENTENDA O QUE É ALOCAÇÃO DE ATIVOS, COMO FUNCIONA E COMO APLICAR ESSA ESTRATÉGIA DE INVESTIMENTO EM APENAS 5 SIMPLES PASSOS.

Foi pensando nisso que resolvi escrever este artigo.

Vou mostrar alguns pontos que devem ser observados quando você for escolher um assessor de investimentos. Confira!

Hoje você irá descobrir, portanto, como escolher o melhor assessor de investimentos para multiplicar seu patrimônio!

O que um Assessor de Investimentos faz?

O papel do assessor de investimentos é, obviamente, auxiliar a pessoa a investir bem o seu dinheiro e ter uma vida financeira mais confortável.

Entre suas tarefas, está a de fazer um mapeamento das melhores aplicações de dinheiro dentro da expectativa do cliente.

Por exemplo, você procura uma renda segura, apesar de não muito alta? Ou se arriscar a ganhar muito e talvez perder tudo?

Baseado-se em algumas perguntas, o assessor de investimentos pode direcionar a sua escolha de ativos financeiros.

Mas aqui vai uma dica: o assessor de investimentos NÃO é o mesmo profissional que o gerente do banco.

Digo isso porque muitos os confundem. É bom ficar atento! O gerente cuida do cotidiano da sua conta corrente.

O assessor focará nos investimentos certos para o seu padrão de vida e necessidades futuras.

Se o seu carro quebra, você o leva até um mecânico ou tenta arrumá-lo sozinho?

Mesmo sem ter a mínima noção do que está fazendo? Sua resposta deve ter sido a primeira opção.

Então, nada mais lógico do que seguir a mesma linha de pensamento na hora de cuidar do seu dinheiro!

Se for a segunda, indico que reveja as suas escolhas de vida.

Como funciona a orientação de um Assessor de Investimentos?

Um assessor de investimentos é um expert não somente no mercado financeiro, mas também na construção de riqueza e gestão de patrimônio dos investidores.

Trata-se de um multiespecialista, com visão estratégica e profundos conhecimentos em gestão de riscos, mercado de capitais, planejamento de aposentadoria, fiscal e de sucessões.

Este profissional analisa criteriosamente o perfil, os objetivos e as necessidades de cada investidor, no intuito de desenvolver e executar estratégias exclusivas de planejamento financeiro adequadas a cada perfil.

O que esperar do Assessor de Investimentos?

O assessor deve tratar o cliente de forma exclusiva e atenciosa. Ou seja, ele vai traçar um plano especial para você.

Você pode perceber que as dicas dele estão sendo muito genéricas, ou não ver o retorno prometido. É hora de reavaliar se o profissional que você escolheu é realmente o melhor disponível no mercado.

Vocês terão reuniões frequentes, onde serão discutidos os diversos aspectos da sua vida financeira. Não precisa ter vergonha ou tentar encobrir a realidade do panorama de suas finanças. Não se esqueça de que ele está lá para te ajudar!

Em troca, o assessor lhe proporcionará uma grande otimização de sua renda. Além de poder analisar quais serão os melhores investimentos a serem tomados a curto, médio e longo prazo! Colocar sua vida financeira em dia fica fácil com um desses do lado.

Como escolher qual a melhor Assessoria de Investimentos?

Para que você descubra qual a melhor assessoria de investimentos, é importante observar alguns critérios que diferenciam empresas sérias, profissionais e eficientes daquelas que apenas vão faturar taxas de corretagem em cima do seu dinheiro sem trazer resultados.

Confira o que observar na hora de escolher a sua assessoria de investimentos.

#1 – Quais serviços a Assessoria de Investimentos presta aos investidores?

Implícita a essa pergunta está uma outra, “quais os serviços que não estão inclusos?”

Isso porque muitos assessores de investimentos, centralizam seus serviços apenas no aconselhamento de investimentos, sem se ater às modificações estruturais que devem ser feitas na vida econômica do cliente para o alcance dos objetivos.

Para quem busca algo mais amplo, o assessor de investimentos que entrega um trabalho mais amplo é o profissional mais indicado, o que justifica a necessidade de saber com detalhes o que é oferecido no processo de gestão de patrimônio e planejamento financeiro por parte da assessoria junto a parcerias da empresa.

#2 – Confira se o Assessor é um profissional certificado

Aqui a comparação com o arquiteto. Assim como em outras profissões, como médico, advogado, arquiteto, engenheiro, etc., o assessor de investimento deve possuir uma certificação obrigatória, de “Agente Autônomo de Investimento”.

É uma segurança tanto para você quanto para o sistema financeiro como um todo.

No site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) você pode fazer uma busca pelo registro do profissional ou da empresa que você está consultando.

Além da CVM, os profissionais também devem ter registro na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, a ANCORD.

#3 – Confira se a Assessoria é referência em investimentos

Para saber qual é a melhor assessoria de investimentos é fundamental ver o histórico dela na área.

Ela é referência no assunto? O público a reconhece como tal? De que forma ela mostra que é autoridade em investimentos?

É importante escolher uma empresa que faça análises e previsões para direcionar as operações financeiras, que fale de maneira clara e esclareça dúvidas com detalhes e que conte com boas avaliações do público, pois esses itens indicam que ela é uma ótima assessoria de investimentos.

#4 – Preste Atenção em como o Assessor trata você

Ao conversar com um assessor de investimento, veja se ele está realmente interessado em entender o seu caso específico ou se, pelo contrário, já começa a conversa oferecendo um “produto mágico que vai resolver todos os seus problemas”.

Isso porque investir é diferente de simplesmente guardar dinheiro.

Investir significa aplicar seu dinheiro com um objetivo e seguindo um plano estratégico.

Por exemplo, se o seu objetivo é fazer uma pós-graduação dali a dois anos, seus investimentos não serão os mesmos do que se a meta for garantir uma aposentadoria tranquila dali a 30 anos, certo?

Além disso, verifique como será feito o acompanhamento dos seus investimentos.

Periodicamente eles devem ser revistos, para ver se ainda fazem sentido, se tiveram o desempenho esperado ou se existem outras oportunidades melhores.

É importante combinar com o assessor qual a frequência com que ele vai entrar em contato com você e prestar atenção se ele cumpre o combinado.

Nesses contatos ele deve trazer informações relevantes, como o desempenho dos seus investimentos, se estão de acordo com o esperado ou, caso não estejam, por que não estão e o que fazer dali em diante.

#5 – Pergunte ao Assessor como ele é remunerado

Existem assessorias independentes e outras que têm contrato de exclusividade com uma única instituição financeira.

Para estas últimas, a remuneração normalmente é uma comissão paga pela instituição financeira à qual a assessoria é ligada. Isso quer dizer que o incentivo do assessor é vender mais produtos e preferencialmente aqueles que rendem maior comissão.

Logo, sua motivação pode não ser fazer o melhor para o cliente.

Já as assessorias independentes distribuem investimentos de diversas instituições financeiras.

Além de ter um leque maior de opções, o que é sempre um benéfico para o consumidor, o assessor não está submetido aos interesses de uma instituição específica.

Este é um ponto muito importante, por isso vale a pena reforçar e chamar a atenção para a ordem dos acontecimentos.

Um assessor de investimento focado no cliente vai entender a situação, traçar uma estratégia e só então ver quais produtos de investimento são os mais adequados para alcançar os objetivos propostos.

Já alguém com foco em vendas vai tentar empurrar o produto, apenas ajustando o discurso de venda para convencer o cliente.

Vamos relembrar a comparação com outras profissões. Você está construindo a sua casa e chegou a hora de escolher as louças.

Se conversar com seu arquiteto, ele vai apresentar um enorme leque de louças, com as vantagens e desvantagens de cada uma, custo/benefício, etc.

Agora, se você falar com o representante de uma marca, ele só vai mostrar as louças daquela marca e provavelmente vai tentar te convencer a comprar os materiais que a empresa tem mais interesse em vender.

#6 – Quanto você cobra pelos seus serviços?

Não sabe quanto custa um assessor de investimentos? Caso esta informação não esteja no site da empresa, entre em contato com o especialista para saber não somente o montante, mas também de onde sairá a cobrança.

Pode ser de um percentual sobre o capital aplicado, de um valor mensal preestabelecido de acordo com o perfil ou comissões pagas diretamente pelos investimentos que você fizer.

#7 – Opte pela Assessoria que ofereça variedade nas aplicações

A diversificação melhora o desempenho do investidor, mas como fazer isso se a sua assessoria de investimentos não conta com a variedade necessária para que a sua carteira fique cada vez mais abrangente? Por isso, escolha uma empresa que tenha variedade em suas operações.

Dessa forma, você poderá investir no Tesouro Direto, em debêntures,  fundos de investimento ou imobiliários,  ações e outros. Assim, cada um deles atenderá aos seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

#8 – Veja se o Assessor realmente se importa com os seus ganhos

Para saber qual é a melhor assessoria de investimentos, basta ver se ela se importa mais com os ganhos dos clientes ou com os dela mesma.

Muitas empresas querem apenas lucrar com taxas de corretagem e similares, o que diminui a margem de lucro do investidor.

Logo, escolha a assessoria que coloque os seus interesses em primeiro lugar e entende que o dinheiro é seu, e não dela.

Afinal, o seu trabalho é indicar os melhores investimentos para fazer o seu patrimônio crescer.

#9 – Verifique as Qualificações do Assessor

O profissional em questão deve ser chancelado pela Comissão de Valores Mobiliários – CVM (através da ANCORD) como Agente Autônomo de Investimentos.

Ser reconhecido como Planejador Financeiro – CFP® pela CFP Board é também essencial, denotando a credibilidade do profissional no mercado. Além disso, existem ainda outras certificações importantes, como Programa de Qualificação Operacional – PQO, Profissional Financeiro Ambima Serie 20 – CPA, etc.

#10 – Em quais tipos de clientes sua empresa é especializada?

Alguns assessores de investimentos têm um nicho de mercado, como atendimento a milionários, pequenos investidores ou segmento empresarial.

Escolha quem tenha expertise no mercado, mas que também seja capaz de atender aos seus objetivos de acúmulo de riquezas.

#11 – Há acompanhamento realmente personalizado?

A definição de um mix de investimentos ao cliente depende do seu perfil, das oportunidades de mercado, bem como do capital disponível para aplicação.

E para cruzar as melhores aplicações com o perfil de risco do cliente, é preciso oferecer atendimento personalizado, inclusive, com entrevistas que subsidiem as melhores estratégias para cada investidor.

#12 – Você será o Assessor que cuidará diretamente dos meus investimentos?

Algumas empresas anunciam — em seus websites — profissionais de ponta no mercado, mas entregam a formulação de estratégias de pequenos investidores nas mãos de outros membros da equipe, reservando seus profissionais “de elite” aos clientes de maior poder financeiro.

Faça questão de saber exatamente quem irá cuidar de suas aplicações.

A companhia que preenche todos os requisitos acima é a New York Capital.

Com uma equipe que conta com os melhores profissionais do mercado financeiro, a nossa assessoria traz vasta experiência na área para atender às necessidades do investidor e assessorar o cliente que busca mais rentabilidade.

Sucesso e até breve!

assessoria de investimentos new york capital

PUBLICIDADE

About the Author

Tatiana Mallmann, Co-Fundadora do Blog London Capital, formada em Administração de Empresas, ingressou no mercado financeiro em 2006, acumulando experiência em varejo, planejamento financeiro e seguros corporativos em instituições como Banco do Brasil e Confiança Companhia de Seguros. Especialista em planejamento financeiro, gestão de risco, proteção do ativo humano, blindagem de patrimônio e sucessão empresarial.