4 Tipos de Investimento Que São Muito Melhores Que a Poupança | Blog London Capital

4 Tipos de Investimento Que São Muito Melhores Que a Poupança

By Tatiana Mallmann

Invista Melhor | Acumular, Rentabilizar e Proteger

Junte-se aos aos nossos milhares de investidores inteligentes e seja o primeiro a receber as nossas novidades e dicas de como acumular mais recursos, rentabilizar melhor seus investimentos e proteger seu patrimônio.

4 tipos de investimento que são melhores que a poupança

Atualmente, vários tipos de investimento estão à disposição de quem pretende maximizar seu patrimônio financeiro. Dentre eles, podemos destacar a poupança como o mais acessível. O problema é que o retorno desse investimento é muito pequeno em relação a outros que a maioria das pessoas não considera, ou até mesmo desconhece.

Para você ter uma ideia, em cenários de inflação ascendente e de juros altos, investir na poupança significa perder dinheiro, porque o valor aplicado não acompanha a atualização dos preços no longo prazo.

Antes de seguir lendo este artigo quero te convidar a baixar o [EBOOK] Renda Fixa. É um PDF para download gratuito que será enviado diretamente para sua caixa de e-mail. Neste ebook você vai encontrar conhecimento sobre investimentos seguros, estratégias e dicas práticas para você usar no dia-a-dia como investidor conservador.

Se você ainda não baixou faça agora, neste link.

No conteúdo de hoje, vamos mostrar 4 alternativas que rendem mais que a poupança e possibilitam ganhos reais.

Tesouro SELIC – Letras Financeiras do Tesouro (LFT)

As LFTs são títulos administrados pelo governo brasileiro, negociados com pessoas físicas via plataforma do Tesouro Direto. A remuneração desse investimento segue a taxa Selic, desde a data da compra até o vencimento, o que implica também não existir grandes prejuízos caso o investidor decida vender seu título antes do prazo determinado.

Assim, as LFTs são uma alternativa viável para substituir a poupança no curto prazo. Quem quiser buscar esse investimento precisa de uma conta num banco ou corretora que viabilize o acesso ao Tesouro Direto. Mas, cuidado com as taxas administrativas! Elas podem ser cobradas, diminuindo o rendimento para abaixo da poupança, fique atento valores menores que R$ 1000,00 podem inviabilizar devidos a estas taxas.

Certificados de Depósitos Bancários (CDB)

CDBs são os investimentos caracterizados por uma relação investidor-banco, na qual o investidor empresta dinheiro para o banco financiar suas operações de crédito a seus clientes. Os tipos de CDB são o pré-fixado, o pós-fixado e um terceiro que agrega características dos outros dois.

A remuneração segue critérios que dependem do tipo de CDB contratado, como taxa de juros, Selic, CDI ou inflação. Bancos de maior porte costumam oferecer uma rentabilização muito próxima da poupança. O mais indicado é procurar bancos médios, que oferecem taxas mais altas no intuito de chamar mais clientes. Vale lembrar que o CDB, como a poupança, também é protegido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Fundos DI

Os fundos DI são investimentos coletivos em que o patrimônio de cada participante pertence aos demais e todos são remunerados de forma equivalente ao que contribuíram. Esses grupos são regidos por uma legislação de competência da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e são obrigados a constituir um CNPJ.

Fundos DI buscam os tipos de investimento que variam conforme o CDI e evitam aplicações que possam sofrer perdas, como ações. Consulte o histórico do fundo ao qual deseja se associar e evite taxas administrativas acima de 1% ao ano.

Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA)

São tipos de investimento captados pelos bancos para financiar as atividades dos setores imobiliário e agrícola, fomentadas também pelo Governo Federal, que concede isenção de imposto de renda a essas aplicações.

Funcionam de forma parecida com o CDB, sendo remuneradas com base no CDI, mas o acesso não é tão simples. Bancos de grande porte costumam cobrar uma quantia inicial maior para esse investimento, enquanto os bancos médios são mais atrativos e permitem um valor mínimo mais convidativo.

Como visto, a poupança, apesar de segura e líquida, não rende muito se comparada aos investimentos apresentados aqui. Se tiver dúvidas, procure um assessor de investimentos para comparar os números e indicar os melhores tipos de investimento para seu perfil.

Você também pode deixar seu comentário aqui e contar com nossa ajuda, ok?

Ah e não esquece de baixar o [EBOOK] Renda Fixa.

Quer Receber Mais Conteúdos Como Este?

Junte-se aos aos nossos milhares de investidores inteligentes e seja o primeiro a receber as nossas novidades e dicas de como acumular mais recursos, rentabilizar melhor seus investimentos e proteger seu patrimônio.

About the Author

Tatiana Mallmann, Co-Fundadora do Blog London Capital, formada em Administração de Empresas, ingressou no mercado financeiro em 2006, acumulando experiência em varejo, planejamento financeiro e seguros corporativos em instituições como Banco do Brasil e Confiança Companhia de Seguros. Especialista em planejamento financeiro, gestão de risco, proteção do ativo humano, blindagem de patrimônio e sucessão empresarial.