Como Investir em Ações na Bolsa de Valores e Ganhar Muito Dinheiro com Isso | Blog London Capital

Como Investir em Ações na Bolsa de Valores e Ganhar Muito Dinheiro com Isso

ByJonathan Camargo

LISTA VIP | Acumular, Rentabilizar e Proteger

JUNTE-SE AOS MAIS DE 100 MIL INVESTIDORES INTELIGENTES E RECEBA NOSSAS DICAS PARA ACUMULAR MAIS DINHEIRO, RENTABILIZAR MELHOR SEUS INVESTIMENTOS E PROTEGER SEU PATRIMÔNIO.

Como investir na bolsa de valores e ganhar dinheiro com isso?

Você provavelmente já ouviu falar que a bolsa de valores está tendo novas altas todos os dias (ou pelo menos parece estar). Você gostaria de participar disso? Se sim, saiba que é um bom negócio e não é difícil chegar lá.

O mais importante é conhecer um pouco sobre o assunto e ter uma boa orientação, pois as corretoras são diferentes entre si e a melhor opção é procurar aquelas que oferecem o serviço de aconselhamento financeiro.

Neste post vamos abordar algumas informações básicas sobre como investir na bolsa de valores e ganhar dinheiro com isso.

 

Como Investir em Ações

Investir em ações é mais fácil do que você pensa.

A primeira coisa que você precisa fazer para investir em ações é abrir uma conta em uma corretora de valores, caso ainda não tenha uma. A indústria de corretagem é realmente competitiva agora, então você tem sorte.

Muitas corretoras estão oferecendo grandes ofertas como “Invista em Ações com Corretagem Zero” e ” Invista na B&M com Corretagem Grátis”.

Tome cuidado, muitas destas corretoras não prestam bons serviços e acabam ganhando dinheiro apenas com operações que dão errado para o cliente, onde é cobrado uma corretagem exorbitante para aqueles clientes que se desenquadram das regras da mesma.

Procure sem corretoras que cobrem barato pelo serviço que entregam, que tenha um excelente home broker, tenha serviço de análise de ações e assessores de investimentos qualificados para lhe atender.

Novamente, cuidado com corretagem grátis.

Para investir em ações, a segunda coisa que você precisa fazer é montar uma lista de ações que você deseja investir. Essa é a parte mais difícil do investimento em ações. Enquanto alguns sugerem que você investe apenas naquilo que sabe, na verdade não é tão simples assim.

Você também deve entender se a empresa é lucrativa e, mais importante, como será o futuro para essa empresa. Para começar, sugerimos que você assine um serviço de recomendação de ações respeitável.

Aqui no Blog London Capital nós assinamos os serviços mais populares e nós realmente trocamos suas recomendações. No último ano, o melhor serviço de recomendações de ações que são Suno Reserach e Eleven Financial.

Quando você se inscrever para esse serviço, você receberá algumas escolhas a cada mês. Leia a análise deles e depois use seu próprio julgamento.

 

Quais são os principais tipos de Análise de Ações?

Existem 4 principais tipos de análise de ações e você deve aprender a escolher aquele que mais se parece com você, Day Trade, Swing Trade, Value Investing ou Growth Investing.

 

O que é Day Trade

O Day Trade é uma operação de curtíssimo prazo com compra e venda do ativo no mesmo pregão ou de venda e compra.

O objetivo, obviamente é ganhar dinheiro na variação do preço de forma rápida com as oscilações.

Na prática, funciona assim: se você comprou uma ação da Petrobras às 10h00 por R$15,00 e vendeu por R$ 16 às 16h00, logo você realizou uma operação day trade e teve lucro de R$1,00 por ativo.

Quem realiza essa operação é o day trader e até pouco tempo, o seu retrato consistia em um profissional de corretora de ações, que normalmente havia concluído uma faculdade e muitos outros cursos.

Esse profissional ainda existe e é muito importante. Aqui na Rico, possuímos dezenas de traders que podem ajudá-lo a aprender ainda mais.

Todavia, com o pregão online, e mais do que tudo, com a democratização da informação, mais pessoas físicas independentes de instituições entraram no mercado.

Elas aprendem na internet, abrem conta em corretoras como a Rico e aplicam o seu próprio dinheiro.

Você pode se tornar um trader, não é preciso ter faculdade, mas tenha paciência. O mercado não tem pena de iniciantes. Então, se o seu objeito é se tornar um day trader ou um scalper, você precisa entrar no mercado preparado.

 

Swing Trade

O swing trade é uma das principais metodologias de trabalho no mercado de capitais. Ele é uma forma de trading de curto prazo.

Quem opta por esse modo de operação, aposta em tendências de mercado para ganhar dinheiro com ações, futurosopções e etc.

Essa é uma forma de trade com menos risco e maior possibilidade de ganhos. Por isso, é mais tranquilo que o day trade. Todavia, nunca descarta-se fazer alguma operação de day trade (comprar e vender papéis no mesmo dia) para aproveitar oportunidades.

O período que o swing trader mantém os papéis depende de sua estratégia e momento de mercado. No entanto, varia entre 2 dias a algumas semanas, de acordo com a posição desejada.

Afinal, o swing do mercado se apresenta em diversas ondas. Ao observar um gráfico semanal, você verá movimentos que levam semanas para se completarem. E ao checar um diário, perceberá movimentos de dias.

Assim, operando swing trade, o investidor precisa saber especular, valendo-se dos gráficos. Neste caso, utiliza-se majoritariamente o gráfico diário, 60 minutos e intraday para ler o mercado e responder de forma reativa, e não proativa.

Essa é uma das vantagens de trabalhar swing trade, você pode tentar ganhar no curto prazo, mas não precisa acompanhar o mercado ponto a ponto. Isso permite com que você leve a vida de trader em paralelo com outra atividade profissional.

Esse ritmo menos acelerado torna a vida do swing trader mais tranquila em relação aos scalpers e day traders que realizam muitas operações por dia e, asssim, precisam gerenciar muito mais risco do que operando em swing trade.

 

O que é Value Investing?

Value Investing, ao ser traduzido para o português, significa investimento em valor. Para explicar melhor, essa metodologia se baseia em fazer uma análise dos investimentos, procurando comprar barato e vender caro.

O grande desafio é determinar se algo está barato ou caro. Para aprender a fazer isso, é preciso muito conhecimento e muito trabalho. Esse é o ponto crucial do Value Investing.

A metodologia Value Investing é a mais conhecida no mundo dos negócios. Warren Buffett é um dos maiores milionários do mundo, e toda sua fortuna é baseada nesse método.

Buffett começou a carreira no mundo dos negócios priorizando a diversificação dos seus investimentos, mantendo o foco na quantidade. Mas, ao ir vivendo o mercado constantemente, ele percebeu que é mais importante concentrar suas atenções na qualidade do que na quantidade.

Então, Buffett começou a comparar sempre preço com valor. Fazendo isso, ele passou a priorizar a compra de ações baratas, que possuíam preço bem abaixo do seu valor. Após algum tempo, ele vendia as ações por um preço acima do valor de mercado, obtendo um lucro extraordinário.

Uma atitude fundamental para o sucesso: não dificulte aquilo que é simples e invista em negócios que você confie!

 

O que é Growth Investing?

O Growth Investing ou investimento em crescimento é um estilo e estratégia de investimento que se concentra no crescimento do capital de um investidor.

Os investidores em crescimento normalmente investem em ações de crescimento ou em empresas cujos lucros devem crescer a uma taxa acima da média em comparação à sua indústria ou ao mercado em geral.

Os investidores em crescimento muitas vezes chamam o crescimento investindo em uma estratégia de crescimento de capital porque os investidores procuram maximizar seus ganhos de capital .

No entanto, alguns consideram que o investimento em crescimento e o investimento em valor são investidores diametralmente opostos – o valor procura ações que negociam abaixo de seu  valor intrínseco, enquanto os investidores em crescimento tendem a ignorar os indicadores padrão que podem mostrar que a ação está supervalorizada.

O investimento em crescimento é altamente atrativo para muitos investidores porque a compra de ações em empresas emergentes pode fornecer retornos impressionantes se as empresas forem bem-sucedidas. No entanto, essas empresas são de alto risco.

 

12 Dicas de Como Investir em Ações na Bolsa de Valores Mesmo com Pouco Dinheiro

 

Segurança

Antes de qualquer coisa, tenha em mente que a bolsa não oferece quaisquer garantias. O fato de que um analista recomenda uma ação não significa que ela certamente subirá. Saiba que a informação é o melhor amigo no mercado de ações, e é preciso estudar muito bem a empresa e o mercado antes de investir.

Outra “ferramenta” importante para investir na bolsa de valores é a paciência. O fato de comprar uma ação não significa que o preço tem que subir. Muitos investidores iniciantes vendem ao primeiro sinal de uma leve queda, porém, quando o preço sobe novamente, se culpam por não ter tido paciência suficiente. E o mais comum é que na próxima vez que comprarem uma ação, acabem por repetir o mesmo erro.

Corretoras

As corretoras de valores são instituições autorizadas a comprar e vender ações e outros ativos na Bolsa de Valores. Seu funcionamento é regulado pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Somente as empresas legalmente registradas estão habilitadas a fazer operações de compra e venda de ações, títulos ou de derivativos na Bovespa. As corretoras são a sua porta de entrada para o mercado de ações. A negociação na Bovespa é 100% eletrônica e conta com sistemas de última geração transformando o mercado de valores em um dos mais rápidos e seguros do mundo.

O serviço

Elas oferecem aconselhamento sobre o que comprar, quando comprar e o que não comprar. O ideal é usar os serviços de uma empresa de assessoria de investimento e planejamento financeiro. O diferencial é justamente naquela empresa que não se foca apenas no produto de investimento, mas sim no que existe por trás do planejamento financeiro, como otimizar os rendimentos e ter uma vida financeira saudável.

Existe um departamento de pesquisa que estuda o mercado e localiza ações que eles acreditam estarem prontas para subir ou baixar de preço — tenha em mente apenas que você vai pagar por essa pesquisa.

Faça o seu dever de casa

Reúna o máximo de informações possíveis sobre uma ação. Não tenha medo de ligar para o Departamento de Relações com Investidores e saber mais sobre o produto da empresa, ganhos e outros dados. Afinal, você está se preparando para adquirir uma pequena parte da empresa e é preciso saber onde você está entrando. A maioria das pessoas gasta mais tempo pesquisando a compra de um computador do que a compra de ações e isso pode te custar muito caro depois!

Investigue a empresa antes de comprar

É muito comum ver pessoas investigando sobre uma empresa depois que já haviam comprado as ações. Desnecessário dizer que muitas vezes essas pessoas são surpreendidas, e não para melhor. Seja paciente e diligente.

Defina um preço mínimo de venda

Se acontecer uma transação ruim, o negócio é aceitar as perdas e seguir em frente. Não adianta torcer para que a ação tenha uma alta amanhã. Muitas vezes, o amanhã não chega nunca.

Cuidado com boatos

Não compre uma ação porque um amigo de seu amigo fez um monte de dinheiro nela. Muitas vezes, você vai acabar perdendo o seu investimento. Também não compre porque alguém recebeu uma dica quente. Com mais pesquisa e informação você fica mais seguro para não cair nessas armadilhas e tomar decisões melhores.

Não compre na abertura da bolsa

Nunca, nunca mesmo, compre na abertura da bolsa. Você sempre terá uma alta no início da do dia e uma baixa em uma ou duas horas depois. O melhor momento para comprar ações é entre 45 minutos e uma hora depois do início da bolsa, e no final da tarde, cerca de 30 minutos antes do fechamento do pregão. Por outro lado, o melhor momento para vender é na hora da abertura, cerca de 13h, no início da tarde. Confira qualquer gráfico diário de ações e você ficará surpreso com a semelhança das flutuações de preços durante o dia.

Tenha disciplina

Deixe suas emoções de fora dos investimentos. Sempre tenha disciplina sobre quando comprar e quando vender. A bolsa de valores não é lugar para gente passional.

Além disso, não perca de vista o tempo previsto de investimento. O período pode ser de um dia, um mês ou, um ano, não importa. Desde que a aplicação seja consciente e disciplinada — é melhor perder pouco eventualmente do que muito de uma só vez.

Saiba quando realizar seus lucros

Como regra geral, é sempre uma boa ideia definir uma meta para os seus lucros. Muitas vezes, as pessoas insistem em uma ação que permaneceu em alta por muito tempo, pensando que a valorização do preço continuará indefinidamente. É bom lembrar-se de que um ganho de 10% é provavelmente uma boa meta para começar a realizar os lucros. Sempre é possível voltar para o mercado e comprar novamente.

Saiba o que você quer ser: um trader ou um investidor?

Se você é um investidor, não deve se incomodar com uma flutuação normal de preços das ações. Sua perspectiva de tempo de investimento é maior do que de um comerciante. Se você é um comerciante, então estará trabalhando com um período de tempo muito curto.

Você deve realizar seus ganhos (ou perdas) durante o período de tempo previamente planejado. A pior coisa que se pode fazer é ser um comerciante/investidor. Esse tipo de pessoa não recolhe os seus lucros quando eles acontecem, mas, em vez disso, registram perdas quando uma de suas ações cai. Portanto, seja disciplinado!

Por último, mas não menos importante, torça que a sorte esteja com você. Bolsa de valores não é uma ciência exata, mas com o acompanhamento de profissionais financeiros é possível conquistar uma segurança a mais e fazer seu investimento render de verdade.

Já se arriscou na Bolsa de Valores? Ainda tem dúvidas sobre como proceder nesse mercado? Deixe seu comentário aqui e conte para nós!

 

Follow

About the Author

Jonathan B Camargo, Co-Fundador do Blog London Capital e assessor de investimentos na New York Capital empresa de assessoria de investimentos que tem como objetivo exclusivo assessorar pessoas físicas de elevado patrimônio, holdings familiares e empresas de participações com alta disponibilidade líquida para investimentos, sempre valorizando a privacidade dos negócios, aliada à solidez da XP INVESTIMENTOS.